quarta-feira, 2 de maio de 2012

Por unanimidade STF aprova cotas raciais nas universidades públicas

A verdadeira mudança deveria acontecer no ensino público do Brasil, que infelizmente deixa muito a desejar
Por slqnoticias

Na última quinta feira (26 de abril), por unanimidade, o Supremo Tribunal Federal considerou o sistema de cotas para negros e pardos constitucional. Com a decisão todas as universidades e instituições públicas de ensino superior poderão adotar o sistema de reservas de vagas.

A ação afirmativa faz parte do Plano de Metas para Integração Social, Étnica e Racial da UnB.

Dois índios que estavam participando da sessão foram retirados a força do plenário por reivindicarem o fato de só o sistema de cotas raciais estar em julgamento.

Veja o vídeo do Jornal Bom Dia Brasil sobre a Decisão do STF.


Trouxemos esta discussão para os leitores do slqnoticas para que possa haver reflexão, por parte de todos, sobre o assunto, já que a decisão causou polêmica. 

A verdadeira mudança deveria acontecer no ensino público do Brasil, que infelizmente deixa muito a desejar, impedindo que muitos estudantes ingressem no ensino superior, sejam eles brancos, negros, ou pardos. 

A jornalista Rachel Sheherazade do SBT fez um excelente comentário sobre o tema abordado. Assista no vídeo abaixo.


Deixe sua opinião sobre o assunto através de um comentário.

Um comentário:

  1. GEORGE NASCIMENTO3 de maio de 2012 18:07

    É um absurdo o julgamento do STF, em um país que quer engressar no primeiro mundo não pode ter sistema de cotas e sim um ensino de qualidade aonde todos tenham chance iguais,somente desta forma seremos um país verdadeiramente de primeiro mundo.

    ResponderExcluir

ATENÇÃO: NÃO PUBLICAMOS COMENTÁRIOS DE ANÔNIMOS.

Após escrever seu comentário, vá à guia "Comentar como:" que fica abaixo do quadro de comentário e escolha a opção NOME/URL. Preencha só o campo NOME e envie. Agradecemos o comentário!

Queridos internautas, não aceitamos em hipótese alguma comentários que ofendam a moral de ninguém, pois o portal é um espaço de informação e comunicação, a nós cabe apenas informar de um jeito honesto e igualitário para todos, obrigado pela compreensão!